11 de setembro de 2018

Painel sobre Diretrizes Curriculares Nacionais foi um dos destaques do 29º ENANGRAD

Membros do CNE, SESu e CRA-SP discutiram DCNs de Administração durante Encontro na FECAP


O ENANGRAD 2018, realizado na FECAP, em agosto, trouxe o Espaço CNE (Conselho Nacional de Educação), coordenado pelo professor Antonio Freitas, atual presidente da Câmara de Educação Superior e conselheiro Consultivo da ANGRAD. O tema foi “Discussões sobre as novas DCNs de Administração e o impacto do EAD nos cursos de graduação e pós-graduação em Administração”. Além de Antonio Freitas, participaram da mesa o Secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (SESu /MEC), Paulo Barone; o presidente do CRA-SP, Roberto Cardoso, e os membros do CNE Antonio Carbonari Netto e Gilberto Garcia. O grupo conversou sobre a aplicação efetiva das DCNs vigentes e possíveis atualizações, assuntos muito debatidos hoje, pois os cursos começam a repensar as primeiras DCNs, propostas há mais de dez anos.

O professor Paulo Barone (SESu) iniciou a discussão afirmando que as diretrizes curriculares devem incentivar as ações que são próprias das universidades como geradora de desenvolvimento para a sociedade como um todo: a geração de conhecimento útil dada pela pesquisa; a aplicação deste conhecimento na resolução de problemas pela extensão; e à apropriação crítica deste conhecimento nas várias carreiras pelo estudante universitário, futuro profissional. Barone acrescentou que os cursos devem gerar relevantes impactos sociais nas comunidades, ou seja, as diretrizes devem propiciar cursos cuja missão institucional e papel social causem impactos claramente sentidos e apreciados. Para isso, as DCNs precisam construir uma abordagem generalista para as carreiras, a fim de permitir que a vocação da IES e o contexto local e regional resulte em Projetos Pedagógicos de Curso (PPC) adequados e impactante em cada localidade, observados os parâmetros fixados pelas DCNs.

Segundo o conselheiro Antonio Carbonari Netto, as DCNS devem, como um todo: a) orientar a formação não mais para o emprego, mas sim para a ocupação, que não necessariamente seguem os mesmos parâmetros da educação profissional; b) formar profissionais cuja expertise deva ser construída a partir de projetos úteis à sociedade como um todo; c) devem dar origem à formação de um profissional “aprendente”, que possa contribuir com sua expertise na resolução de problemas complexos que envolvem a utilização de múltiplos conhecimentos de origens diferentes; c) possibilitar a formação tanto de colaboradores para as organizações quanto de empreendedores que gerem novas organizações; d) considerar uma ampla gama de combinação de modalidades de aprendizagem, sempre em conformidade com a legislação educacional.

Para o conselheiro Gilberto Garcia, o conceito de diretrizes curriculares está em crise, especialmente porque os atores envolvidos não conseguiram se apropriar dele e continuam vinculados à ideia do currículo mínimo. Portanto, é preciso reformular as DCNs para resolver o desencontro criado entre as políticas definidas por ela, a atividade de avaliação dos cursos e a supervisão das Instituições de Ensino Superior. Ainda segundo Garcia, é preciso um novo conceito de Diretrizes Curriculares, que incorpore novas modalidades de ensino-aprendizagem, como o ensino a distância e os cursos híbridos. 

O presidente do CRA-SP, Roberto Cardoso, apresentou as iniciativas do Conselho Regional para romper barreiras e aperfeiçoar a grade curricular, como, por exemplo, a constituição de uma comissão para discutir as novas diretrizes curriculares dos cursos de Administração, composta pelo CRA-SP, ANGRAD, professores e especialistas; a abertura do diálogo com a academia para debater experiências e inovações, entre outras.

Veja aqui o vídeo completo do Espaço CNE no ENANGRAD.

Mais fotos (Renato Souza) no link: https://bit.ly/2x4zOeX .

 

 

 
Últimas
Notícias ANGRAD
Mais lidas
próximos eventos
de 07/11/2018 até 09/11/2018
SEMEAD
São Paulo / SP
de 03/10/2018 até 07/10/2018
24º CIAED - Congresso Internacional ABED de Educação a Distância
Florianópolis / SC