18 de janeiro de 2018

Saiba mais sobre o novo presidente da ANGRAD e os planos para o biênio 2018/19

Por ANGRAD e FECAP

Taiguara Langrafe tomou posse como presidente da ANGRAD em cerimônia realizada no Rio de Janeiro. O professor foi conselheiro fiscal durante o biênio 2016/17 e está presente na associação desde 2001. “A ANGRAD está se posicionando como um importante Think Tank sobre aprendizagem em Administração. Assumo a presidência em momento de sólida reputação, acumulada pelo trabalho de muitos. A atual gestão reforçou as atividades científicas e de pesquisa, e está ampliando o relacionamento da associação com o mercado de trabalho, por meio da formação do Conselho Empresarial com CEOs de renome”, diz Langrafe, que também é vice-reitor da FECAP (SP).

Metas para o biênio
Na sua gestão, Langrafe e sua diretoria terão foco na consolidação das iniciativas em curso, com avanço na prestação deserviços aos professores e alunos de Administração e com favorecimento às trocas de experiências entre os associados, como o Prêmio ANGRAD e os Fóruns de Melhores Práticas de Aprendizagem em Administração. "Temos um compromisso com a melhoria da qualidade dos cursos, o que impacta diretamente a qualidade da Administração praticada no Brasil. Precisamos melhorar a produtividade e competitividade das nossas organizações com urgência, mas com solidez para o longo prazo".

Confira algumas metas para o biênio 2018/19:
1. Ofertar permanente o Programa de Capacitação de Coordenadores de Cursos, desenvolvendo lideranças por meio dos conhecimentos da Administração, e aplicados ao contexto da Gestão da Educação Superior.
2. Realizar eventos em todos os estados da Federação ao longo do biênio.
3. Lançar o Prêmio ANGRAD como forma a dar voz às ideias e práticas pedagógicas inspiradoras.
4. Consolidar o processo de Governança da ANGRAD, com o início das atividades do Conselho Empresarial e conclusão da revisão estatutária.
5. Trocar experiências com associações congêneres internacionais, de forma a oferecer aos nossos Associados o acesso a práticas internacionais de fronteira.
6. Continuar o desenvolvimento qualitativo do ENANGRAD, com mais oficinas pedagógicas e mais formatos participativos para a interação entre os congressistas.
7. Manter a RAEP como veículo de conhecimento sobre a aprendizagem em Administração, com impacto nacional e internacional.

Experiência de sala de aula
Também está nos planos da diretoria da ANGRAD o reforço do relacionamento com entidades como a ANPAD (Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração), a ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) e a EQUAA (Agência Acreditadora Latino-Americana), parceira com a qual pretende intensificar a internacionalização da ANGRAD. Outro projeto de destaque é o Programa Instituição Amiga do Empreendedor, realizado em parceria com diversas organizações como MEC e MDIC.


“Minha experiência como professor e coordenador me permitiu testemunhar que é possível desenvolver projetos de melhoria de qualidade com a união de professores e alunos, gerando impacto positivo na empregabilidade dos alunos e no orgulho da formação recebida”, reflete Langrafe, que além da posição de Vice-Reitor, segue nas salas de aula do Curso de Administração. “Acredito que fazer parte desse cotidiano gera lucidez e senso de realismo quanto aos problemas e às possíveis soluções que podemos trazer para os associados da ANGRAD, para os quais pretendemos ser muito úteis com estratégias bem planejadas”, conclui.

Leia o discurso do presidente da ANGRAD na cerimônia de posse da nova diretoria.

 
Últimas
Notícias ANGRAD
Mais lidas